Zoo Inglês Criticado Por Convidar Crianças a Brincarem Ao Jogo Da Corda Com Leões e Tigres

O Jardim Zoológico de Dartmoor, no condado inglês de Devon, está debaixo de fogo das associações de defesa dos direitos dos animais por permitir que os visitantes, especialmente crianças, brinquem ao jogo da corda com um tigre e um leão. Mais de 2600 pessoas já assinaram uma petição exigindo o fim desta actividade “cruel”.

Os visitantes do zoo (incluindo crianças a partir dos 8 anos de idade) são desafiados a puxarem uma corda que tem um pedaço de carne crua amarrado a uma das pontas. A carne é lançada a um dos animais, que irá puxá-la com força com os dentes. Do outro lado, está uma equipa de quatro pessoas a puxar a outra ponta. Para participar no jogo, cada pessoa paga 15 libras (cerca de 17 anos). Os animais escolhidos são um tigre chamado Dragan e um leão africano baptizado Jasiri.

Sue Dally, uma das mentoras da petição, destaca o facto de não haver a preocupação com o bem-estar do animal: “Parece um circo onde a saúde e segurança de animais ameaçados estão comprometidas”.

O dono do Zoo, Benjamin Mee, garante que os animais gostam da experiência: “Acredito que é a coisa certa a fazer, o leão adora”

Explica ainda que não há necessidade para este alarido uma vez que os animais continuam a ser alimentados, mesmo que percam o jogo, e ainda esclarece que os dentes dos animais não são problema. “Já viram um leão a devorar carcaças de animais? Os dentes deles são fortes, não se vão partir com esta experiência”.

Benjamin Mee garante que esta é uma maneira de angariar dinheiro para remodelar o recinto dos felinos, pois o parque está à beira da falência: “É uma atividade de caridade que vai ajudar a reconstruir as casas dos leões que precisam de ser atualizadas”.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO