“Estúpido”: Homem Filmado a Saltar Para Cima De Orca e Da Sua Cria Na Nova Zelândia

Um homem de 50 anos foi filmado a saltar de uma embarcação de recreio na costa de Devonport, em Auckland, no que as autoridades da Nova Zelândia consideraram ser uma tentativa de tocar ou atingir uma orca e a sua cria.

Num vídeo partilhado na rede social Instagram, em fevereiro, e reproduzido pelo Departamento de Conservação do país, esta segunda-feira, o indivíduo é visto a saltar para a água, onde estavam uma orca e uma cria, procurando “tocar” ou atingir o macho.

A dado momento, o sujeito grita que conseguiu tocar no animal, afirmação que é recebida com aplausos por parte das restantes pessoas que seguiam na embarcação.

“O vídeo deixou-nos atordoados. Além da tentativa inicial de mergulhar sobre o animal, o homem permanece na água e depois nada novamente em direção a ele, numa segunda tentativa de tocá-lo. Este é um comportamento estúpido e demonstra um desrespeito chocante pelo bem-estar da orca. É extremamente irresponsável”, apontou o investigador principal do Departamento de Conservação da Nova Zelândia, Hayden Loper, em comunicado.

O responsável recordou que “as orcas são animais imensamente poderosos”, pelo que a situação “poderia ter terminado de forma horrível – com a baleia assustada e ferida ou o homem ferido pelo animal agitado”.

“É uma violação muito clara da Lei de Proteção aos Mamíferos Marinhos. As orcas são consideradas baleias de acordo com a legislação de conservação e é ilegal nadar com baleias, ou perturbar ou assediar qualquer mamífero marinho”, adiantou.

As autoridades ficaram a par do incidente depois de terem recebido denúncias por parte de utilizadores que se depararam com o vídeo nas redes sociais.

O indivíduo foi identificado e multado em 600 dólares neozelandeses (cerca de 338 euros).

Já segue a Desconcertante no Instagram?