Urso Polar Domesticado e “Tratado Como Um Cão” Em Ilha Russa Vai Agora Viver Em Zoo

Um urso polar que perdeu a mãe foi domesticado por trabalhadores de uma base russa situada na ilha Bolchevique. O vídeo mostra como o animal privilegia a interação com os humanos, e era tratado como um cãozinho.

Os especialistas russos da cidade de Krasnoyarsk tiveram conhecimento do caso em fevereiro deste ano e, ao Siberian Times, revelaram que a informação inicial era escassa. “Tudo o que sabíamos era que a mãe da cria tinha morrido e que há alguns meses ela descobriu a base atraída pelo cheiro de comida”, indicaram.

Com efeito, as pessoas que trabalham naquela ilha começaram a cuidar do animal que, caso contrário, não teria oportunidade de sobreviver.

“Certo ou errado, eles [os trabalhadores] alimentaram o animal em extinção e domesticaram-no”, explicou Andrey Gorban, diretor do Zoológico Royev Ruchei em Krasnoyarsk.

O urso passou vários meses na presença de humanos e acabou por acostumar-se à interação, de tal forma que gosta inclusive de brincar com os funcionários locais.

A imprensa internacional revela ainda que os trabalhadores tiveram receio que o animal, à medida que vai crescendo, se tornasse num predador, o que os levou a procurar encontrar a melhor solução para o urso polar junto de especialistas.

Além disso, os funcionários estão a ultimar o trabalho na base e planeiam já o regresso ao continente, sendo que o urso, a continuar na ilha, ficaria sozinho.

Considerando que o animal não conseguiria sobreviver sozinho na ilha, as autoridades russas decidiram resgatar o animal, que ficará no Zoo de Moscovo.

Já segue a Desconcertante no Instagram?