Toneladas De Caviar Cobrem As Praias De Sacalina e Populares Recolhem Com Pás

Não se trata exatamente dos afamados esturjões do mar Cáspio, mas na ilha de Sacalina, no Longínquo Oriente da Rússia, os residentes aproveitam a enorme quantidade de caviar de arenque trazido pelo mar à costa da baía de Aniva, perto de Nechaevka.

Uns três quilómetros da linha costeira ficaram totalmente cobertos pelas ovas deste peixe, e em certos lugares a espessura atinge entre 10 e 15 centímetros. Os residentes locais decidiram aproveitar este “manjar” do mar e vão à praia de carros para recolher o caviar com pás.

Segundo conta Dmitri Lisitsyn, que lidera uma organização de vigilância do meio ambiente na localidade, os habitantes da ilha usam o caviar de arenque como fertilizante nas hortas. Dmitri disse ainda que “não há nada surpreendente na quantidade de ovas encontradas na costa, já que é só evidência da desova em massa destes peixes”.

Já segue a Desconcertante no Instagram?