Sistema De Segurança Evita Catástrofe Após Condutora Embriagada Colidir Com Bomba

Uma condutora embriagada, com crianças dentro do carro, saiu da estrada, no centro de Ceres, Califórnia, e bateu contra uma bomba de gasolina.

Surpreendentemente, ninguém ficou ferido no violento choque graças a um sistema de segurança crucial existente nas bombas de combustível. A condutora do Nissan levava os filhos de quatro e cinco anos no banco traseiro quando bateu na bomba a uma velocidade elevada.

O acidente provocou o caos porque todos tentaram evacuar a área. O vídeo de vigilância mostra várias pessoas a fugir. Os Bombeiros de Ceres conseguiram apagar o fogo restante da bomba destruída enquanto a condutora e os seus filhos foram enviados para o hospital.

É fácil perguntar-se por que o fogo não foi pior. Afinal já vimos muitos acidentes em postos de serviço, mas poucos terminam com incêndios e explosões de Hollywood. Como explicou o técnico de serviço Joe Batholdi, isto deve-se às bombas terem um sistema de segurança para esta situação.

As válvulas de corte de emergência são válvulas instaladas nas tubulações que fornecem combustível às bombas. Quando uma delas é avariada, uma ranhura na parte superior da válvula rompe-se ela fecha-se sozinha. Isto evita mais danos às tubulações e, o que é mais importante, ajuda a evitar que se agregue mais combustível ao choque.

Quanto à condutora, foi acusada de conduzir sob efeitos de álcool e por colocar em perigo a vida dos filhos. Felizmente, não teve que lamentar feridos graves e o fogo foi extinto antes que pudesse se estender a outras bombas e edifícios ou veículos.

Já segue a Desconcertante no Instagram?