Pároco Tenta “Exorcismo” Para Evitar Que Polícia Interrompa Missa

Foi de cruxifixo na mão e com palavras que mais pareciam as usadas em exorcismos que o pároco Andrés Quiroga, de Amenábar, na Argentina, tentou evitar que a polícia local interrompesse uma missa. As autoridades deslocaram-se ao local porque aquele encontro estava a desrespeitar as medidas de combate à Covid-19.

“Em nome de Cristo, fora da casa de Deus”, foram as palavras que o sacerdote argentino repetiu até à exaustão, em frente a um agente, fazendo assim com que este não conseguisse cumprir o seu dever.

Mesmo estando a lei do lado das autoridades, Andrés Quiroga fez de tudo para prosseguir o encontro religioso.

De acordo com o último decreto governamental, está em vigor na Argentina a “suspensão das atividades económicas, industriais, comerciais, culturais, desportivas, religiosas e educativas” em zonas definidas como de alto risco sanitário ou em situação de alerta.

Deste modo, aquela missa que estava a ocorrer era ilegal.

Já segue a Desconcertante no Instagram?