Mulher Faz Reportagem Em Direto De Incêndio… e Descobre o Culpado

Chama-se Rhoda Young e é uma simples cidadã norte-americana que, numa manhã do mês de novembro, decidiu emitir em direto para o Facebook o incêndio numa casa em Virginia. A sua prestação, enquanto jornalista cidadã, já a colocou nas luzes da ribalta.

Rhoda estaria a passear de carro quando se deu conta da existência de chamas numa casa e decidiu parar para reportar em direto para a rede social o que se estava a passar.

A mulher decide, entretanto, entrevistar um homem sentado num quintal em frente à casa em chamas e descobre que é o dono da mesma, ficando surpreendida pelo facto de este estar a beber uma cerveja naquele momento de suposta aflição.

Após um olhar atento, e ao ver que este tinha o cabelo queimado e as mãos sujas, a mulher tira as suas próprias conclusões: “Este homem estava no último andar da casa e foi lá que o incêndio deflagrou. Durante a minha investigação verifiquei que o seu cabelo e as suas calças estavam queimadas. Foi ele quem ateou o fogo”, diz Rhonda para a câmara, encaminhando-se depois para junto das autoridades, às quais revela a sua versão dos factos.

Não se sabe se Rhonda estaria certa ou não, mas o facto é que o homem acaba por ser detido.

“Eu resolvi o crime antes de o comandante dos bombeiros chegar ao local. Independentemente de me quererem ou não agradecer, eu sei uma coisa: eu fiz o meu trabalho”, afirmou.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO