Motorista Da Uber Atacado Por Grupo De Mulheres Depois De Pedir Para Usarem Máscara

Um motorista da Uber foi atacado por um grupo de mulheres no último domingo. O caso ocorreu em São Francisco, nos Estados Unidos, logo após o homem pedir que uma delas colocasse a máscara.

Descontentes com uma das principais medidas contra o coronavírus, cancelaram a viagem e agrediram o motorista.

A corrida já estava em andamento quando Subhakar Khadka percebeu que uma das passageiras estava sem a máscara e solicitou que ela a colocasse.

Após a recusa da mulher, o motorista decidiu parar num posto e só prosseguir com a viagem caso ela cumprisse a regra, mas não a convenceu.

No vídeo gravado pela câmera de segurança do carro, a mulher sem máscara é vista a gritar: “Fodam-se as máscaras”. Ela tosse repetidamente, enquanto as amigas riem e esbravejam palavrões ao fundo. Noutro momento, a mulher agarra o telefone de Khadka do tablier do veículo e arranca violentamente a máscara do rosto dele.


A mulher veio depois a publico, através de um vídeo gabar-se da situação, o que gerou uma onda de revolta nas redes sociais.

Já segue a Desconcertante no Instagram?