Homem Envenena Comida De Bebé Para Exigir Resgate De 10 Milhões

A Polícia tomou conhecimento da ameaça, enviada por e-mail para vários supermercados, no passado dia 16, mas só agora a tornou pública. O suspeito engendrou um esquema maquiavélico em que pretendia exigir um pagamento de 10 milhões de euros para impedir a morte de consumidores.

A ameaça foi levada a sério pela polícia alemã até porque os agentes confirmaram a existência de jarros de comida para bebés que foram efetivamente contaminados. Em pelo menos cinco desses produtos foi detetado etilenoglicol, um líquido tóxico sem cheiro e sem cor, que tem um sabor doce e que é conhecido por atrair crianças e animais.

A polícia divulgou imagens de videovigilância de um homem que foi filmado por câmaras de vigilância de um supermercado de Konstanz. Em comunicado conjunto, a Polícia de Constanza e o Ministério Público de Ravensburg referem ter chegado ao suspeito graças às pistas facultadas pelos cidadãos, após as autoridades tornarem pública a chantagem na quinta-feira e difundirem a imagem do suspeito captada pelas câmaras de vigilância. O homem de 55 anos é de nacionalidade alemã e já se escontra detido

Não foram revelados quais os supermercados que foram visados pelas ameaças. No entanto, a polícia apelou às pessoas para que tenham cuidado com os produtos que compram, nomeadamente para prestarem atenção às embalagens que possam parecer estranhas ou suspeitas.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO