Após Ter Sido Acusado De Assédio, Lutador Recusa-se a Tocar Em Jovem Para Não Ser Acusado De Novo

O lutador de MMA sul-coreano Park Dae Sung adotou a política de não tocar nas jovens no ringue para evitar ser novamente acusado de assédio como aconteceu há alguns anos atrás.

Este é o momento em que o lutador e uma jovem deveriam posar para uma foto após ter vencido um combate, mas o lutador evita ao máximo tocar nela e é com resistência que se mantém ao lado dela para a fotografia.

Tudo começou em dezembro de 2016, quando o lutador abraçou uma outra jovem pela cintura para tirar a foto.

Por causa desse gesto, muitas mulheres o acusaram de assédio. Agora o lutador recusa-se a tocar ou aproximar-se de qualquer anfitriã no ringue.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO