“Vírus Não Existe”: Mulher “Antimáscaras” Detida Após Recusar Ordem Policial

As autoridades britânicas estão a endurecer o policiamento nas ruas, numa altura em que o Reino Unido reporta mais de mil vítimas mortais por dia, há quatro dias consecutivos.

Este sábado, em Bournemouth, três pessoas foram detidas por terem violado as regras de proteção contra o novo coronavírus num protesto contra o novo confinamento no país.

Os vídeos que surgem nas redes sociais das detenções mostram apenas o momento da detenção, mas a BBC esclarece, citando a polícia, que as autoridades tentaram demover os organizadores de levar a cabo o protesto, sem sucesso.

A polícia pediu a uma mulher que estava sentada num banco sem máscara para que se levantasse, mas esta recusou-se a cumprir a ordem. “Não acredito no vírus, não pode provar que ele existe e mesmo assim está a abusar da sua autoridade. Prove-me que ele existe e eu vou para casa agora”, disse a mulher, segundo cita o site Metro.

As imagens mostram depois a mulher a ser algemada e dizer que apenas “estava sentada num banco”. Enquanto é levada pelas autoridades, várias pessoas protestam contra a detenção e ainda se pode ver outras a serem abordadas pela polícia.

Já segue a Desconcertante no Instagram?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO