VIDEO: “Um Carro é Uma Arma Que Pode Acabar Com a Minha Vida Ou a De Outros”

Alerta é da secretária de Estado da Administração Interna que participou, no domingo, numa ação de sensibilização rodoviária a propósito do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada.

“Nos últimos 20 anos, reduzimos de 2.000 para 474 o número anual de mortes nas estradas portuguesas, mas nenhum número, por mais baixo que seja, nos pode deixar confortáveis. É por isso que o Governo continua a identificar a redução da sinistralidade rodoviária como uma das suas prioridades”, afirmou a secretária de Estado, durante a operação.

“Só uma firme consciência individual sobre o papel que cada um de nós desempenha na redução da sinistralidade rodoviária poderá contribuir para este objetivo global de reduzir drasticamente as vítimas da estrada”, acrescentou Patrícia Gaspar, sublinhando o papel decisivo que também desempenham, diariamente, as Forças de Segurança e a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária neste desígnio. “É um trabalho que se pretende cada vez mais integrado e profícuo nas duas dimensões fundamentais – na prevenção e na fiscalização”, salientou.

Numa publicação no Twitter, a secretária de Estado reforçou a mensagem, afirmando que, “no limite, um carro é uma arma… que pode acabar com a minha vida ou com a vida de outros. Pensem nisto cada vez que se sentarem ao volante”.

Já segue a Desconcertante no Instagram?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO