Quando o Gelo Engole a Terra: o Impressionante Aumento De Caudal Dos Rios Na Sibéria

A Sibéria opera exclusivamente na imaginação dos países ocidentais. Tão vasto quanto remoto, tudo o que ali acontece parece fascinante, primitivo e selvagem.

Grande parte da responsabilidade por esta imagem é da literatura, da história da região, que é muito conturbada, e do interesse dos média em divulgar as notícias mais exóticas e apocalípticas que ali acontecem.

A Sibéria é uma tela em branco sobre a qual sempre projetamos histórias de uma escala inimaginável em outras partes do mundo. E às vezes essas histórias são reais.

O exemplo mais recente chega da cidade de Khabarovsk, na região mais oriental da Rússia, a poucos quilómetros da fronteira com a China. Khabarovsk fica às margens do rio Amur, um dos dez maiores do mundo. Amur atravessa latitudes bastante setentrionais e tende a congelar durante os meses de inverno.

E quando há cheias o gelo invade as terras e “agride” a população, num cenário que tem tanto de espetacular como de assustador.

Já segue a Desconcertante no Instagram?