Presidente De Clube Grego Invadiu o Relvado… Com Uma Pistola

Este domingo, o jogo entre o PAOK e o AEK Atenas foi interrompido, na sequência de incidentes no relvado e nas bancadas do recinto do emblema de Salónica.

Tudo começou quando Fernando Varela, central do PAOK, colocou a bola no fundo da baliza já no tempo de compensação, marcando aquele que seria o único golo do desafio.

A equipa de arbitragem começou por validar o golo, mas acabou por reverter a decisão logo de seguida. A decisão não satisfez os adeptos, que invadiram o relvado.

O insólito acontece quando o presidente do PAOK, Ivan Savvidis, entrou no relvado para perseguir a equipa de arbitragem, que rapidamente recolheu aos balneários.

Nas imagens que captaram as câmaras de televisão verifica-se que Savvidis levava junto à cintura uma arma . O presidente do PAOK terá ameaçado o árbitro e os jogadores do AEK, que abandonaram o terreno de jogo atemorizados.

Em declarações à Cadena SER, Manolo Jiménez, técnico do AEK de Atenal, referiu que o presidente do PAOK aproximou-se do árbitro, mostrou-lhe a arma e terá dito: “a tua carreira como árbitro acabou”.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO