Polícia Usa Tratamento Desproporcionado Para Imobilizar Jovem Sem Braços e Sem Pernas

Manuel Van Santen, um polícia do condado de Pima, Arizona, nos EUA, está sob investigação depois de um vídeo, em que derruba e imobiliza um jovem sem braços e sem pernas de forma absolutamente desnecessária, ter sido divulgado.

O incidente ocorreu no dia 26 de setembro num centro juvenil na cidade de Tucson. Um funcionário do centro chamou a polícia, depois que Emanuel, de 15 anos, ter derrubado um caixote do lixo.

O incidente foi filmado por outro adolescente, CJ, de 16, que tentou interceder enquanto o polícia gritava com Tucson. Após uma breve discussão, os polícias algemaram CJ, e colocaram-no no carro ao lado de Emanuel. Os dois menores, ambos afro-americanos, foram presos por conduta desordeira.

O advogado dos menores, Joel Feinman, descreveu o vídeo gravado por CJ como “horrendo” .

“Somos defensores públicos e temos estômago de ferro para muitas coisas, mas isso foi especialmente terrível”, disse o advogado.

“São crianças que vivem numa casa de acolhimento porque não podem morar com os pais. Este é exatamente o tipo de pessoa que a polícia tem que proteger e defender. Em vez disso, são tratadas como se fossem animais “, acrescentou Joel.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO