Mulher Impedida De Entrar No Louvre Por Causa Da Sua Roupa

A australiana Newsha Syeh alega ter sido repreendida e insultada por um guarda do Louvre antes de ser impedida de entrar no museu, por causa do seu vestido, que era “muito revelador”. Syeh expressou o seu descontentamento no Instagram: “Ontem no Louvre, fui barrada na entrada por um guarda por causa da minha roupa”, escreveu Syeh.

“Ele fez os mais repugnantes e horríveis gestos e expressões faciais, ordenou que eu me cobrisse, com os olhos cheios de ódio impediu-me de entrar”, continuou ela.

Syeh publicou uma foto da sua roupa com um print screen do site do Louvre, que explicitamente afirma que o museu não tem um código de vestimenta aplicável ao seu traje daquela tarde.

De acordo com o guia de regulamentações para visitantes do museu, os visitantes do Louvre não podem usar trajes de banho ou ficarem nus, descalços ou camisa. Nada disso se aplica ao caso de Syeh.


a

DEIXE O SEU COMENTÁRIO