Mulher De 83 Anos Com Alzheimer Encontrada Acorrentada a Uma Porta Para Impedi-la De Sair

Uma mulher de 83 anos que sofre de Alzheimer foi resgatada de sua própria família, depois que os vizinhos a encontraram acorrentada a uma porta em Chachoengsao, na Tailândia.

A mulher, conhecida apenas como avó Chuam, vive sozinha e não tem filhos. Ela era mantida acorrentada pelos tornozelos pela sua meia-irmã que mora a uma curta distância da casa. O abuso foi descoberto quando a meia-irmã pediu a um vizinho que desse uma vista de olhos na avó Chuam. O vizinho, Chang Neung ficou chocado ao encontrar a frágil idosa em tal estado e usou uma rebarbadora para cortar a corrente antes de chamar a polícia.

Após a meia-irmã de 65 anos ter sido questionada pelas autoridades, ela explicou que o fez por uma questão de segurança para evitar que a idosa se perdesse ou se ferisse ao andar pelas ruas, como já tinha acontecido anteriormente. “Eu tinha medo que ele saísse de casa e algo de mal pudesse acontecer com ela. Ele fez isso várias vezes e, numa dessas ocasiões, encontrei-a várias horas depois, num campo de cultivo de arroz durante uma tempestade”.

A administração do distrito de Thitirat Sangngam, depois de fornecer alimentos e remédios a Chuam, comprometeu-se em ajudar. “É uma situação muito triste. Vamos fornecer fundos para que esta avó receba tudo o que precisa “.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO