Mãe Não Contém Emoção Ao Testemunhar Contra “Ex” Que Matou Os 5 Filhos

Uma mãe, cujos cinco filhos foram mortos pelo pai, não conteve a emoção durante o julgamento do ex-marido, que enfrenta uma pena de morte pelos crimes.

Amber Kyzer estava a testemunhar quando decidiu ler a carta que havia escrito à filha mais velha, para consolá-la sobre o divórcio dos pais.

Segundo Amber, que não conseguiu conter as lágrimas durante todo o discurso, os filhos estavam desolados com o divórcio, e esta sentiu a responsabilidade de lhes explicar o porquê da sua decisão.

“Vocês são o meu mundo e eu e o Pai somos abençoados por vos ter na nossa vida”, começou por ler, antes de se entregar à dor de ter perdido os filhos. Um momento que interrompeu o julgamento e que levou mesmo o procurador a dizer-lhe que “não tinha de se desculpar”.

Timothy Jones é acusado de cinco crimes de homicídio pela morte de Merah (oito anos), Elias (7 anos), Nahtahn (6 anos), Gabriel (2 anos) e Abigail (1 ano). Os advogados do homem não negam a autoria dos crimes mas querem que seja poupado à pena de morte, alegando insanidade mental como justificação para o seu ato.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO