Mãe Acusa Mascote De Restaurante Infantil De Ignorar Filha Em Ato Racista

Um funcionário de um restaurante, vestido de Chuck E. Cheese, uma personagem animada, foi acusado de cometer um ato de discriminação racial.

Chuck é a mascote de um famoso restaurante infantil nos EUA. Num vídeo partilhado recentemente, pode ver-se o animal – um rato – a ignorar uma criança negra.

O momento foi filmado pela mãe da mesma, que acusa a mascote de racismo.

Segundo pode ver-se, o funcionário cumprimenta algumas crianças que atuavam em cima de um palco. Contudo, ignora a sua filha, que lhe estendeu a mão para receber um cumprimento e, em troca, nada recebeu.

 
Segundo reporta o NY Post, mais tarde, a gestão do espaço pediu desculpa pelo sucedido alegando que o ‘homem por trás da máscara’ não vira a criança. Para se desculpar, aceitou tirar uma fotografia com a criança.

Apesar de não achar suficiente, a mãe aceitou tirar a fotografia em prol da filha, que não terá percebido o que se passara anteriormente.

Já segue a FunCo no Instagram?