VIDEO: Kim Jong-un Emociona-se e Pede Desculpa Aos Norte-Coreanos Pelas Falhas Que Os Deixaram “Em Dificuldades”

Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, protagonizou um momento raro no qual se emocionou ao pedir desculpa aos habitantes do seu país, por ter “fracassado” na conduta da nação nos tempos tumultuosos que o Mundo atravessa devido à pandemia do novo coronavírus.

No decorrer de um discurso que realizou durante um desfile militar para comemorar o 75º aniversário do Partido dos Trabalhadores, este fim de semana, em Pyongyang, Kim tirou os óculos e limpou as lágrimas antes de se dirigir à população.

“O nosso povo depositou confiança em mim, tão alta quanto o céu e tão profunda quanto o mar, mas sem sempre consegui viver de acordo com isso de forma satisfatória. Sinto muito”, disse o líder, de acordo com uma tradução do seu discurso no jornal Korea Times.

Dando como referência o pai e o avô – os dois anteriores líderes da Coreia do Norte -, Kim acrescentou que todos os seus “esforços e sinceridade” não foram suficientes para “livrar o povo das dificuldades”.

Este discurso ocorre após a Coreia do Norte ter visto as exportações para a China cair drasticamente devido ao encerramento de fronteiras como resposta à pandemia. Até ao momento, o governo de Pyongyang garante que o país não registou qualquer caso de infeção.

A juntar a esta questão, as sanções internacionais a que o país foi submetido como resposta aos programas nucleares e lançamentos de mísseis por parte de Kim Jong-un, vieram aumentar as dificuldades.

No mesmo dia em que apresentava o lançamento de um novo míssil balístico intercontinental e outros equipamentos militares, Kim Jon-un manifestou solidariedade com todas as pessoas do Mundo que sofrem com a Covid-19 e expressou a sua vontade de melhorar os laços internacionais com a Coreia do Sul.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO