VIDEO: Idoso De 91 Anos Recebe Vacina e Diz Que “Não Faz Sentido Morrer Agora”

Martin Kenyon, de 91 anos, foi um dos primeiros pacientes a receber, na terça-feira, a vacina contra a Covid-19, no Reino Unido.

À saída, o idoso foi entrevistado pela CNN, que quis saber o motivo pelo qual o homem se quis vacinar.

Bem disposto, Martin, revelou que ouvira na televisão que a inoculação iria decorrer no Guy’s Hospital, em Londres, e que ligou para lá para confirmar esta informação.

“Tenho netas. Ainda quero viver muitos anos. Quero acompanhar as suas vidas”, afirmou o homem, recordando em seguida que este ano ainda não teve a oportunidade de as abraçar.

Martin revelou ainda que chegou atrasado ao seu apontamento porque não conseguia encontrar um lugar para estacionar nas redondezas, mas que acabou por correr tudo bem. “Já só senti a seringa quando ela estava a sair”, relata.

O jornalista acaba por recordá-lo que terá de levar ainda uma segunda dose de vacina e só depois estará completamente imune ao vírus, ao que Martin responde, referindo que tenciona cumprir o programa de vacinação à risca.

“Já vivi até aqui. Não faz sentido morrer agora”, diz ao jornalista, que não consegue evitar rir-se.

Recorde-se que a britânica Margaret Keenan, de 90 anos, foi a primeira pessoa a receber a vacina contra o SARS-CoV-2 no mundo.

Já segue a Desconcertante no Instagram?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO