Grupo De Ativistas Veganos Entra Num KFC e Acusa Clientes De Serem “Abusadores De Animais”

Um grupo de ativistas veganos entrou num KFC na Austrália com as roupas cobertas de sangue falso enquanto gritavam sons de animais através de um megafone.

Tash Peterson, a fundadora do Tell Them the Truth, uma campanha que se mobiliza contra a indústria de carnes e laticínios, liderou o grupo de manifestantes no ataque ao restaurante fast food de Melbourne no domingo, 4 de julho.

Um vez dentro do estabelecimento os arruaceiros deitaram sangue no chão e acusavam os clientes de serem “abusadores de animais”.

Já segue a FunCo no Instagram?