Centenas De Flamingos Morreram Devido à Seca Na Turquia

Centenas de flamingos morreram, nas duas últimas semanas, no Lago Tuz, na Turquia, devido à seca que assola o país.

Imagens, captadas por um drone, e posteriormente partilhadas nas redes sociais, estão a correr mundo, mostrando o cenário de devastação, que os ambientalistas acreditam ter sido provocado pelos métodos usados de irrigação na agricultura na região.

No vídeo, pode ver-se os corpos dos flamingos parcialmente enterrados na lama do Lago Tuz, local onde nascem todos os anos mais de 10 mil destas aves.

Entretanto, o ministro turco da Agricultura e da Floresta, Bekir Pakdemirli, já veio confirmar que se estima que cerca de mil flamingos tenham morrido, mas negou que o fenómeno tenha ocorrido devido à agricultura.

“Com menos água e com um aumento da taxa de concentração da água, a morte dos flamingos deu-se porque não conseguiam voar. Quero sublinhar que não existe uma relação direta ou indireta entre o incidente com a irrigação na agricultura na região”, argumentou o responsável, em conferência de imprensa, citado pelos órgãos de comunicação internacionais, culpando assim a seca pelo sucedido.

O ministro garantiu ainda que já foram tomadas “as medidas necessárias” para solucionar a situação, sem acrescentar mais detalhes.

O Lago Tuz foi declarado em 2000 uma área protegida devido à sua diversidade biológica e cultural.

Já segue a Desconcertante no Instagram?