Cão-Polícia Fareja 5 Milhões De Euros Ocultos Dentro De Parede

Um cão-polícia da Polícia Financeira italiana descobriu um ‘tesouro’ oculto numa parede de madeira na casa do empresário Roberto Polese e da mulher Lara Seghezzi, investigados por fraude fiscal.

De acordo com o jornal Corriere della Sera, o ‘guarda de quatro patas’ ainda está nos primeiros trabalhos, não tendo muita experiência. Ainda assim, parece ter ‘faro’ para o trabalho e, numa busca realizada há duas semanas, detetou o dinheiro escondido dentro de um cofre oculto no interior de uma parede de madeira.

No dia 16 de junho, os investigadores da Unidade de Polícia Económica e Financeira da Polícia Financeira de Milão ordenaram a referida busca na casa deste casal no seguimento de uma investigação que durava há meses, sem que obtivessem resultados.

O cão, de raça labrador, começou a abanar a cauda pela casa, tendo ficado particularmente agitado ao chegar à referida parede de madeira. Atrás desta, a Polícia Financeira encontrou um cofre blindado com código de acesso.

O cofre foi forçado e, no interior, estavam quatro pastas com 2 milhões e 585 mil euros em dinheiro, mais 740 mil euros em moedas de prata e 813 mil euros em 40 relógios de luxo. Este ‘tesouro’, constataram os guardas fiscais, representava apenas 5,6% dos rendimentos brutos declarados pelo casal em 10 anos.

Havia ainda quatro microfones para escutas ambientais, um sistema de localização por GPS e um sistema de deteção e neutralização de escutas conduzidas por cavalos de Troia, ou seja, malwares que enganam os utilizadores de computadores sobre a verdadeira função.

O Ministério Público e a Polícia Financeira investigam agora a origem de todos aqueles pertences.

Já segue a Desconcertante no Instagram?