Brabus Pôs As Mãos No Mercedes EQS: Autonomia Aumentou 50 Km

A Brabus deitou as mãos ao Mercedes EQS mas, ao contrário do que é habitual, optou antes por melhorar a aerodinâmica da berlina elétrica em vez de dar-lhe um visual radical com muita fibra de carbono pelo meio.

As alterações introduzidas permitiram aumentar a eficiência aerodinâmica, com o correspondente aumento de autonomia, que pode chegar a mais 50 quilómetros do que os 743 preconizados para a versão EQS 450+.

O resultado final, sublinha a preparadora, é um EQS mais aerodinâmico do que o original, capaz de alargar até mais 50 quilómetros de autonomia a uma velocidade média entre os 100 e os 140 km/hora.

Recorde-se que, do lado do sistema motriz, nada foi alterado, o que significa que, no caso específico do EQS 450+, se mantêm os 245 kW (333 cv) e 568 Nm debitados pelo motor elétrico.

Já segue a Desconcertante no Instagram?