Avião Aterra De Emergência Em Faro Devido a Mau Cheiro De Um Passageiro

Um Boeing 737 da Transavia que voava do aeroporto Schiphol, em Amesterdão, para as ilhas Canárias, em Espanha, teve de parar de emergência no aeroporto de Faro devido ao mau cheiro corporal de um dos passageiros.

Segundo escreveu o Mirror, o cheiro do passageiro era de tal forma intenso que levou a que outros passageiros perdessem os sentidos e outros vomitassem.

A tripulação ainda tentou manter o homem de quarentena na casa de banho, mas o avião foi mesmo forçado a aterrar em Portugal.

Já em terras lusas, no aeroporto de Faro, o homem foi de imediato colocado num autocarro que o levou a ver uma equipa médica.

A Transavia garantiu que a aterragem de emergência se deveu a “razões médicas”.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO