Árbitro Dos Distritais Do Porto Agredido a Murro

Ricardo Carriço, árbitro dos distritais do Porto, foi agredido no jogo S. Lourenço do Douro-São Pedro da Cova 1937. Tudo sucedeu quando a equipa do Marco de Canaveses fez o 1-0 (60’).

O presidente do S. Pedro da Cova, Vítor Catão, criticou a arbitragem e viu o cartão vermelho. O árbitro mandou as equipas para o balneário por falta de segurança e foi agredido a murro, alegadamente por Vítor Catão.

“Os animais continuam à solta”, escreveu Luciano Gonçalves, líder da APAF, que juntou um vídeo do episódio.

Já segue a Desconcertante no Instagram?