Cientistas Recriaram a Cara De São Valentim Em 3D

Hoje é o Dia dos Namorados, ou Dia de São Valentim. Todos sabem isto, mas poucos sabem qual a origem deste dia, e quem foi São Valentim.

São Valentim é um santo reconhecido pela Igreja Católica, e pelas Igrejas Orientais que dá nome ao Dia dos Namorados em muitos países.

O imperador Cláudio II, durante o seu governo, proibiu a realização de casamentos no reino, com o objetivo de formar um grande e poderoso exército.

No entanto, um bispo romano continuou a celebrar casamentos, mesmo com a proibição do imperador. O seu nome era Valentim, e as cerimonias eram realizadas em segredo.

A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens atiravam flores e bilhetes dizendo que os jovens ainda acreditavam no amor. Entre as pessoas que atiraram mensagens ao bispo estava uma jovem cega, Artérias, filha do carcereiro, que conseguiu a permissão do pai para visitar Valentim.

Os dois acabaram por se apaixonar e, milagrosamente, a jovem recuperou a visão. O bispo chegou a escrever uma carta de amor à jovem com a seguinte assinatura: “de seu Valentim”, expressão ainda hoje utilizada.

Valentim foi decapitado em 14 de fevereiro de 270.

Agora, cientistas brasileiros recriaram em 3D, a cara de São Valentim. Os cientistas revelaram pela primeira vez o rosto do santo padroeiro dos amantes, depois de estudar o crânio do homem santo antigo.

Os restos mortais foram mapeados digitalmente, e o rosto foi reconstruído por um dos principais designers gráficos do país, Cícero Moraes, usando a tecnologia interativa 3D.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});